Meio Mole, Meio Duro

Não é sobre isso que vocês estão pensando que vou falar hoje.

Vou falar sobre alternância dos tênis mais flats e duros com os mais altos e que possuem mais amortecimento. No mundo ideal, a gente faz tiro e fartlek (forte / fraco) com tênis mais baixinho, mais leve e segue feliz da vida, mas na prática não funciona assim com todo mundo, principalmente com quem corre tocando o chão primeiro com o calcanhar.

Independente de a lenda ser ou não, tentei corrigir as passadas para aprender a tocar primeiro com a parte da frente do pé. Fiz isso simplesmente pq sentia menos dores nas canelas e o dia seguinte não era tão sofrido, foi instintivo, me apadtei pra sentir menos dor.

 

Esses são meus 3 flats preferidos:

 

Andei fazendo muitos treinos do asfalto com o Hayasa e talvez tenha sido essa a causa de as dores na canela estarem latentes de novo. Estava muito viciada nos tênis leves e baixos, mas hoje estoutentando alterná-los com os outros tipos.

E não li em nenhuma revista nem ouvi alguém dizer que fez, segui minha intuição e usei essa alternativa para amenizar as dores.

Dizem que os tênis mais altos induzem à correr com calcanhar, eu na real não sinto isso. Quando coloco sinto como se fosse um afago na corrida.

Em rodagens tenho procurado correr o máximo possível nas graminhas da USP e estou usando  Mizuno ProRunner 15, no começo do ano quando meu novo coach colocou na planilha 15k era bem sofrido o dia seguinte, agora estou usando essa técnica dos afagos no dia seguinte e estou me sentindo muito melhor.

Grama + tênis alto = dores controladas

Meus preferidos mais altos:

Mizuno ProRunner

Asics Nimbus

Nike LunarGlide

Não sou especialista nem nada, aprendo mesmo é com meu corpo e suas reações.

Espero ajudá-las!

Autor: CorrePaula

Mãe, corredora e produtora de conteúdo do marketing digital do Shopping Iguatemi SP.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *